segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Trabalho, tabaco e outros assuntos relacionados


Hoc opus, Hic Labor est...

Falar de trabalho numa segunda-feira é um risco tremendo, é a mesma coisa que ir à compras do mês cheio de fome, fala-se sempre mais do que queremos, e gasta-se muito mais moral em coisa aparentemente desnecessárias. É um risco, quase um desporto radical! Mas como a malta é jovem, é preciso arriscar e seguir em frente.

É segunda-feira, sem que tenha notado que existiu uma primeira-feira, uma de arranque que desse para nós irmos devagarinho, género mudança de caixa de automóvel. Mas pronto! que remédio, temos de arrancar em segunda, mesmo que seja a subir.

Esqueci-me da cereja no topo do bolo: È Janeiro! chove, etc. ;

Falar de trabalho neste blog significa fazer outra coisa qualquer que não é trabalho, mesmo que seja falar sobre o mesmo. O que por si dá trabalho.

Mas porquê? qual é a razão para estar a escrever sobre trabalho no trabalho? proque me apetece e é uma desculpa porreira para fazer um intervalo sem ir fumar um cigarrinho à varanda, que os fumadores agora só podem fumar ao ar livre. E ai está....se a inspiração faltar nada melhor que continuar a escrever. Na salada dos raciocinios sempre calhará chegar a outro tema. E por isso, em relação a trabalho, podemos falar sobre o trabalho que dá fumar cigarros hoje em dia.

Seja como for, aqui vai um acervo muitissimo inutil de ilógicas divagações sobre os temas:

1 - TERRORIS...........

Dizem (por ai) que muitos dos sobreviventes dos ataques ao WTC (e lá vão os americanos lêr esta mensagem!) se safaram porque, àquela hora estavam na rua a fumar o seu cigarrinho! e lá está! fumar mata (quem não fuma). Esse bem podia ser o mote para uma nova inscrição nos maços, do género "fumar mata mas salva do terrorismo".




2 - AR LIVRE

Existe uma contradição nitida nos efeitos práticos desta lei do tabaco. Se por um lado se diz por ai que apanhar ar, viver a vida ao ar livre, gozar os espaços a descoberto é muito bom para a saude, por outro lado parece que quem agora pratica esse género tão saudável de vida são os fumadores. Com a entrada em vigor da nova lei vê-se muito mais pessoas a viver a vida ao ar livre! e com isso se conseguiu uma medida de aumento da saude na população em geral. Por outro lado, no inverno, aumentará certamente o numero de doenças relacionadas com a exposição ao frio e à chuva e consequentemente o numero de baixas médicas por doenças e uma diminuição geral da produtividade, assunto tão debatido na nossa sociedade. Qual seria a solução? parece-me que o melhor era legislar para que a lei do tabaco fosse sazonal, isto é, só teria aplicação desde a primavera e deixaria de ser aplicável no Inverno. Essa solução, aumentaria certamente a produtividade, ainda mais porque é no verão que a generalidade das pessoas goza férias, o que influiria ainda mais na diminuição dos riscos de afectação dos indices de produtividade. O lema seria algo como (a inscrever nos maços de tabaco): " fumar causa constipações, fume só no verão".

3 - ARMAS

Porque será que estão cometidos a dificultar a vida aos fumadores (eu incluido)? será que fumar mata? Não mata certarmente que eu acabei de fumar um cigarro e estou vivo. O que me parece que está provado é que fumar aumenta os riscos de se ter doenças muito "aborrecidas". Por isso dizer que fuma mata é chamar arma a um rolo de folhas secas com involucro de papel (com ou sem filtro). E que eu saiba não é verdade, ainda não ouvi ninguem dizer que "fulano tal morreu com quatro cigarradas nas costas" ou " foi ameaçado com um SG Gigante e sacaram-lhe tudo...que desgraça...mas ainda bem....antes isso que morrer com uma cigarada". Será o tabaco uma arma branca? Não me parece. Muito pelo contrário, será quanto muito uma arma preta (pela cor que ficam os pulmões) e por essa lógica será exactamente o contrário de matar com arma branca, será matar por arma preta! tanto racismo escamoteado.Olhem, cá para mim era abolir isto tudo que aqui não se admitem discriminações raciais! senão qualquer dia aparece por aí o Martin Luther King dos fumadores (King ou small, tipo SG Filtro).

Então e como será morrer com um assalto de arma preta! deve fazer "dói-dói" na mesma, demora é mais tempo. Creio que em muitos aspectos podemos chegar à conclusão que o contrário de ser esfaqueado é ser cigarrado!
4- PEIXES

Seremos todos PEIXES? se os cigarros são postos na boca, a conclusão só pode ser que o cigarro é o anzol dos humanos (pela boca morre o peixe).

Estará Deus com uma caninha a ver se pesca algum e nós vamos comendo o isco até que finalmente mordemos o anzol? Estará Deus a lançar a linha. E se sim pescará à boia ou ao fundo? é que, sinceramente não me apetece ir ao fundo desta questão! como dizem os Monthy Python "it´s too silly..." (isto agora de ir ao fundo ainda dava para falar no TITANIC mas não me apetece!).

Se Deus pesca à boia até fazia sentido, dado que a boia tambem tem tabaco...era o chamado 2 em 1,....ora mordes o anzol ora mordes a boia!.

Por esta lógica os charutos (grandes anzois) devem ser para os tubarões e afins (o que em termos analógico-lógicos não foge muito à verdade). A vantagem é que Deus não pesca de arrasto (pelo menos com este isco) senão era muito chato e era assunto para "arrastar" este ponto para sitios ainda mais "silly".

Afinal de contas nos maços o que deviam escrever era "Não fume, evite ser grelhado" ou então "não fume, nade!"


5 - INCONCLUSÃO (ÕES)


Para mim, pessoalmente a questão é muito simples: Tenho de deixar de fumar porque alem de caro como o caraças é agora tambem chato, e DÁ DEMASIADO TRABALHO! (alem de fazer mal, como todos sabemos há "milhentos" anos).

E lá está. Estamos a falar de trabalho à segunda-feira e ter lógica é dificil (ou cometer sequer alguma pequena orientação lógica ao texto). Ainda estou convencido que é possivel entrarmos numa semana e ser breves e lógicos. Que grande disparate!

Mais considerações completamente desprovidas de sentido e racionalmente anarquicas nos "fumos" dos proximos capitulos blogueiros.... Tchau (santinho, de nada).

3 comentários:

Eu proprio! disse...

è o meu primeiro comentário e como sou narcisista tinha que ser eu a desvirgindar os comentários.

Alanis disse...

Narço! Ainda por cima nota-se imenso que tufonas e pecebes...
LOL

VAVA disse...

oh alanis.....para já não é tufonas é tefónas! e quanto ao narço...eu admiti e assim não vale, é desleal!..LoL.